MHP | NOTÍCIAS

17/08/2015

Homem mais forte do mundo admite: “Uso a força para ajudar as pessoas a pegar malas e empurrar móveis”

Já parou para imaginar do que se alimentam e como vivem os homens mais fortes do mundo? O brasileiro Marcos Ferrari; o atleta da MHP, Zydrunas Savickas (Lituânia); Krzysztof Radzikowski (Polônia); Brian Shaw (EUA); e Ervin Katona (Sérvia) mostraram durante o Força Bruta, competição entre os homens mais fortes do mundo, realizada na praia da Barra da Tijuca (RJ), que o importante é juntar a nutrição e musculação, que fazem jus ao tamanho dos músculos. A força permite aos atletas levantar, arrastar e transportar objetos com alta velocidade e resistência.

O americano Brian Shaw, atual campeão do Força Bruta 2015, mostrou que levantamento de cilindro, arremesso de barril e levantamento de carroça é com ele mesmo. O atleta pesa 190 kg distribuídos em 2,03 m de altura e leva em sua alimentação peito de frango, arroz e batata, além do uso de suplemento alimentar. Ele conta que ajuda os outros com sua força: “Eu curto ser forte e gosto de competir com os mais fortes do mundo, me divirto fazendo isso. Uso até a força que tenho para ajudar as pessoas a pegar malas e empurrar móveis”.

brian shaw 04

Para otimizar ainda mais os resultados, os atletas utilizam suplementos alimentares para aumento de massa muscular da marca americana MHP (Maximum Human Performance) como o Probolic e, de sobremesa, o Power Pak Pudding. “O Probolic é um suplemento hiperproteico que auxilia o crescimento muscular, aumenta a força e ajuda na recuperação dos músculos. Já o Pak Pudding contém proteína com baixa quantidade de carboidratos e gordura, além de não possuir açúcar. É tipo mousse, que satisfaz a fome e principalmente a vontade de comer doces”, explica a nutricionista da Nutri Import, Fernanda Rezende.

Ainda de acordo com a nutricionista, o Probolic pode ser utilizado ao acordar e no pós-treino. “Ao acordar, porque ele mantém os níveis de aminoácidos elevados ao longo do dia, favorecendo o anabolismo e o anticatabolismo muscular. No pós-treino, pois contém o whey protein de rápida absorção, além de seu consumo favorecer a síntese proteica no pós-treino.” Antes de dormir, o produto também é recomendado, pois é quando se entra no período de catabolismo muscular intenso. Fernanda lembra ainda que tudo deve ser feito com a recomendação do médico ou nutricionista.

MAIS ACESSADAS

CATEGORIAS

BUSCAR

Voltar ao Topo